Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, ROCHA, Homem, Portuguese, English, Cinema e vídeo, Música, Arte, cultura, mexericos e afins!
MSN - vitorolive@hotmail.com

Histórico
16/12/2007 a 22/12/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
29/07/2007 a 04/08/2007
01/07/2007 a 07/07/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
06/05/2007 a 12/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
28/01/2007 a 03/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
31/12/2006 a 06/01/2007
24/12/2006 a 30/12/2006
17/12/2006 a 23/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
17/09/2006 a 23/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005


Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
CINEMA, ETC... (O Vitor viu!)
Aqueles Dois - fotoblog
Arroz da Festa
Blog da Halebid e da sumida Mader
Que tri que fica (Carina)
A louca da Torre 2
Blog do Mar
NOVO FOTOLOG DE HALEBID (por enquanto...)
Seriemaníaco (blog do Alê)
Blog do Brett
Observador (Fernando Cals)
Tabuleiro da Thereza da Praia
Blog da Alicinha
Infinito Positivo (Ery Roberto)
Nanda e a Idade da Pedra
Diario da Vovó
Luabella e suas fases
Esculacho e Simpatia
Farofa na Neve
Filosofia de Boteco
Cabeça vazia
Sol a Sol (Karin)
Comedoras de sushi
Lady of Dreams
Jogo de palavras
Sodapop
Olhar da Colombina
Bangalô Filosófico
Just Love (kalu)
Nas nuvens
Cultura geral
Esquizofrenia Viral
Diário do escritor
Julio Castro
As 10 mais (blog do Baco)
Jarod virando o jogo.
Silvia Helena "Polkan"
Aqueles Dois - o original!
Blog da Yamí
A louca da Torre









Bethânia: as águas, os discos, o show!!!

  

Sim, eu já comprei os discos e fui ao show, portanto estou devendo um post sobre eles. A princípio fiquei na dúvida em relação ao meu álbum favorito, pois ambos são magníficos e idênticos em qualidade. Por isso, escolher o favorito é mesmo uma questão de gosto.

 

“Pirata” traz o Brasil das águas doces, do povo brejeiro e simples do interior com sua cultura imortal e sabedoria que nenhuma academia é capaz de transmitir. Os arranjos, simples e tocantes, quase sempre à moda de viola remetem imediatamente ao sertão e ao interior. Além dos clássicos “De papo pro ar”, a mais bela do disco e “A saudade mata a gente”, Bethânia aposta em regravações como “Os argonautas”, do irmão Caetano, a qual Bethânia interpreta de maneira minimalista ao contrário da versão anos 60. Bethânia resgata “Água de cachoeira”, sucesso de Jovelina Pérola Negra e recita textos que vão desde Guimarães Rosa a Antonio Vieira. Enfim, um encanto e uma jóia rara!

 

Já “Mar de Sophia” é mais místico, mais sofisticado e traz desde os tradicionais cânticos aos orixás até a bela “As praias desertas” de Tom Jobim, passando pelo esquecido “Poema Azul”, de Sérgio Ricardo. Isso, é claro, recheados de poemas de Sophia de Melo Breyner, que dispensa qualquer elogio. O mar em toda sua plenitude é cantado, seja no tradicional fado “Marujo Português”, que é costurado com o samba de roda, “Marinheiro Só”, do mano Caê, seja na modernidade de Arnaldo Antunes em “Debaixo d´água”, que é entremeado com  sucesso titânico, “Agora”. Bethânia sabe unir, com profunda sabedoria e maestria o tradicional e o moderno, o espiritual e o carnal em um comovente e antológico álbum que, confesso, é o meu favorito.

 

Agora, vamos ao show, que é uma mescla dos dois álbuns e que, como sempre, tem aquele fio condutor bem costurado e bordado com a preciosidade da voz majestosa da Abelha Rainha. (desculpem, o clichê é inevitável...rs!). Além das canções do disco, Bethânia emociona (de verdade) com sua interpretação para o clássico “Asa Branca”,  a lindíssima “Gostoso demais”. Com os olhos marejados, o público mal pode recobrar o fôlego, pois Bethânia emenda “Tristeza do Jeca”, que é de ouvir de joelhos de tão linda. A balada “Eu que não sei quase nada do mar” dos duvidosos Vercilo e Ana Carolina vira uma guarânia na voz da cantora, que canta de forma arrebatada e consegue um dos pontos altos do show, aplaudidíssima. Já “Sereia de água doce”, de Vanessa da Mata, é um dos momentos mais irreverentes do show. Quando Bethânia entoa os versos “De onde ela é?”, fica até ruborizada quando a platéia responde em coro: “De Santo Amaroooooo...”.

Depois, séria e grave, Bethânia consegue grande êxito, ao declamar “Ultimatum”, de Álvaro de Campos, poema de 1917, mas com uma quase trágica atualidade.

 E como grande apoteose, Bethânia canta lindamente, com o auxílio de toda a platéia o belíssimo samba da Portela, “Das maravilhas do mar”. O samba já é lindo, mas fica majestoso com o lindo arranjo e a interpretação apaixonada de Bethânia.

 

Enfim, uma noite inesquecível. “Dentro do mar tem Rio” e dentro do coração de Bethânia, tem um Brasil apaixonante, rico, fértil... Orgulho danado de ser brasileiro navegando pelas águas de Bethânia.



 Escrito por Werther-Pan às 15h06
[] [envie esta mensagem]



Nota 10!!!

Sem querer bancar a Kogut aí de baixo, mas já bancando, foi muito bom o "Altas horas" de ontem, só com as 'meninas' do "Saia Justa". Ana Carolina (que é melhor falando do que cantando), fez comentários bastante espirituosos; Monica Waldvogel, normalmente fina, mostrou sua faceta escrota escrotizando com Betty Lago, sempre irreverente, cujo olhar já diz tudo. Maitê, sempre bela, tinha as respostas na ponta da língua e Márcia Tiburi, a, digamos "CDF" da turma, estava estranhamente divertida e parecia estar se divertindo bastante também. 

Essa formação do programa parece ser a que mais deu certo. A sintonia das cinco é fantástica. O programa ficou leve e as moças são diferentes e complementares, sem maiores atritos. Pena que Ana vai sair em fevereiro, mas pra quem não sobreviveu à Luana Piovani, podem voltar a assistir. Está genial, abobrinhas e boas sacadas na dose certa! 



 Escrito por Werther-Pan às 12h45
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]
  
UOL